Geral

Crea-SP celebra nove décadas de existência

Considerado um dos maiores conselhos profissionais da América Latina, o Crea-SP completou 90 anos de história no dia 19 de maio, e para celebrar este marco importante, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) realizou, na segunda-feira (20/05), uma sessão solene com a presença de autoridades, profissionais da área tecnológica e colaboradores do Conselho, homenageando as nove décadas de dedicação às profissões das Engenharias, Agronomia, Geociências, Tecnologia e Design de Interiores. 

“Hoje é um dia para compartilhar a nossa história e comemorar junto a todos aqueles que fazem parte dela como profissionais e colaboradores. São essas pessoas que tornaram o Crea-SP a grande referência de autarquia que temos hoje, e que continua em constante evolução”, afirmou a presidente do Conselho, Eng. Lígia Mackey. Por sua vez, a vereadora Janaína Lima destacou o primeiro mandato de uma mulher na Presidência do Crea-SP em 90 anos. “Essa é uma grande oportunidade para a Lígia trazer seu olhar, competência e sensibilidade para continuar revolucionando a área tecnológica e dando passos ainda maiores junto à autarquia”, acrescentou. 

Na cerimônia, foi destacada a importância da atuação tecnológica para o desenvolvimento do País. “Tudo que somos e temos necessita da atuação competente desses profissionais, desde a área da saúde, civil, agronômica, na computação, nas áreas rurais e urbanas, entre tantas outras”, evidenciou o deputado estadual e anfitrião da solenidade Eng. Ricardo Madalena. “É de suma importância o poder público trabalhar com o Crea-SP, não só como fiscalizador, mas também como idealizador de projetos que visam o progresso da nossa sociedade”, continuou, recordando a parceria da Alesp com o Conselho paulista. 

O deputado estadual Paulo Fiorilo e o secretário executivo de Governo e Relações Institucionais, Eng. Marcos Penido, também parabenizaram tal trajetória. “Esta homenagem é justa e legítima por tantas atividades significativas que a autarquia vem fazendo ao longo dos anos”, disse Fiorilo. “Parabenizo o Crea-SP, uma instituição responsável pela proteção e elevação das Engenharias, Agronomia, Geociências, Tecnologia e Design de Interiores, profissões fundamentais para se chegar a solução de problemas atuais, como as mudanças climáticas, e evolução das cidades”, complementou. 

A sessão solene teve continuidade com discursos do presidente do Conselho Federal, Eng. Vinicius Marchese, e o presidente do Crea-PB, Eng. Renan Azevedo, que estiveram presentes para representar o trabalho em unidade do Sistema Confea/Crea e Mútua em todo o Brasil. Como presidente do Conselho em São Paulo de 2016 a 2023, Marchese parabenizou o trabalho e reforçou a importância para os outros Estados. “Nós somos parte de uma entidade com uma missão gigante em favor da população e do debate público, e quanto mais gente fizer parte e participar na busca de bons projetos, mais conseguiremos gerar valor às profissões e ter soluções assertivas para atender os desafios que enfrentamos hoje”, declarou.  

Azevedo complementou dizendo que as iniciativas do Crea-SP são referência para os outros Regionais. “O Conselho paulista é inovador e tem fortalecido a relação entre o Sistema e os profissionais, para melhorar continuamente nossos serviços, portanto é um prazer estar participando desta festa, representando todos os Creas do Brasil”, afirmou. 

Homenagens 

Em clima de emoção no plenário, foram entregues placas comemorativas pelas nove décadas de história e representando as profissões, engenheiros com vários anos de carreira foram homenageados pela contribuição com o desenvolvimento do Estado em suas respectivas áreas. Foram eles: Eng. Clóvis Ferreira de Moraes, Eng. Flávio Severo Pereira de Magalhães, Eng. Iracema de Oliveira Moraes e Eng. Pasqual Satalino.  

“Este ano também completei 90 anos de idade, 63 de formado em Engenharia Civil e tenho dois filhos engenheiros. Por isso, estou muito emocionado e honrado em receber esta homenagem, principalmente com a minha família presente, que me ajudou a constituir todas as conquistas durante minha carreira que tanto amo desde jovem”, declarou Clóvis, que discursou representando todos os homenageados.  

“A engenharia nunca deixou ou deixará de ser importante. Temos um campo extremamente fértil para as futuras gerações continuarem inovando em todas as áreas com novas ideias e tecnologias”, apontou Iracema, a primeira profissional de Engenharia de Alimentos a se registrar em São Paulo e formada pela primeira turma desta profissão na Universidade de Campinas (Unicamp), em 1970. 

Na oportunidade, o Crea-SP lançou o livro de 90 anos com relatos de colaboradores, profissionais, conselheiros e estudantes que tiveram suas vidas impactadas de alguma forma com a atuação do Conselho, além de uma exposição com fotos e depoimentos dos protagonistas dessas histórias, com formato itinerante pelo Estado.  

O livro e a exposição estão disponíveis aqui

Fonte: Assessoria de Comunicação do CREA/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Precisa de ajuda?