Geral

Creas visitam maior obra de infraestrutura da América Latina

A presidente do Crea-SP, Eng. Lígia Mackey, esteve com os colegas de profissão e líderes de Creas do Norte e Centro-Oeste na maior obra de infraestrutura em andamento na América Latina. Trata-se da execução da Linha 6-Laranja do metrô, que, com 15,3 quilômetros de extensão, foi projetada para atender diariamente 630 mil pessoas da região da Brasilândia até a estação São Joaquim, da Linha 1-Azul. A comitiva fez uma visita técnica na quinta-feira (4/04), guiada pela Acciona, empresa espanhola responsável pela obra.  

“Essa é a rotina do engenheiro: capacete, bota, colete”, brincou Lígia na chegada ao local, na Freguesia do Ó, enquanto se paramentava para percorrer o espaço. O tom transmitia o sentimento de ver de perto as atividades do canteiro que, do total de profissionais, soma 750 mulheres, uma grandeza que não está apenas na amplitude dos serviços de Engenharia que acontecem por lá. Afinal, o número de profissionais mulheres é considerado o maior em obras de todo o mundo. “Isso reflete o que temos feito no Crea-SP também”, complementou ela que é a primeira presidente eleita no Conselho paulista. 

Em um dos setores de fabricação de peças da linha, por exemplo, 80% do corpo funcional é feminino. Essa e outras ações de promoção da equidade nas profissões foram comemoradas. “A diversidade de perspectivas é fundamental e garante que as necessidades de todos sejam consideradas. Engenheiras contribuem com uma variedade de experiências, compondo a criação de soluções mais inclusivas e acessíveis em todas as fases, do projeto à entrega final”, destacou Lígia.  

A geração de trabalho e renda foi outra pontuação importante da visita. Ao todo, são mais de 9 mil pessoas empregadas na obra da Linha 6-Laranja. Em paralelo, os presidentes dos Conselhos fizeram questão de apresentar as iniciativas do Sistema Confea/Crea e Mútua para capacitação contínua das equipes, o que permite que, mesmo após formados, engenheiros, agrônomos, geocientistas, tecnólogos e designers de interiores continuem se aprimorando por meio de programas como o Crea-SP Capacita.  

A habilitação e o preparo do profissional fazem total diferença. “Todas as engenharias estão envolvidas. A Acciona faz um alto grau de investimento em profissionalismo, confere se os engenheiros estão registrados. Até porque uma obra de grande complexidade como essa precisa disso”, comentou o Eng. Lucas Urbaneck, gerente de Engenharia de Segurança do Trabalho da empresa espanhola. 

Participaram da visita os presidentes do Crea-AP, Eng. Amarildo Magalhães; do Crea-GO, Eng. Lamartine Moreira; e do Crea-PA, Eng. Adriana Falconeri, acompanhada do diretor geral da Mútua-PA, Eng. Josué Rocha. “Esse tipo de parceria nos permite ver o quanto a Engenharia é produtiva e pujante”, concluiu Moreira.  

Fonte: Assessoria de Comunicação do CREA/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Precisa de ajuda?